Lula divulga mensagem ao povo brasileiro no 1º de Maio
3 de Maio de 2018
Terreno de mil m2 no Preá CE
5 de Maio de 2018

A Sabedoria e o Amor são as duas colunas torais de toda verdadeira civilização.

Num prato da balança da justiça, devemos colocar a SABEDORIA e no outro, o AMOR.

A Sabedoria e o Amor devem equilibrar-se mutuamente; sabedoria sem amor é um elemento destrutivo; amor sem sabedoria pode nos conduzir ao erro. “Amor é lei, porém amor consciente”.

É necessário estudar muito e adquirir grandes conhecimentos, mas, também é urgente desenvolver em nós o Ser Espiritual.

O conhecimento, sem o Ser Espiritual bem desenvolvido em forma harmoniosa dentro de nós, vem a ser a causa disso que se chama velhacaria.

jakin-boaz-gnosisonline

O Ser bem desenvolvido dentro de nós, mas sem conhecimentos intelectuais, dá origem aos “santos estúpidos”.

Um “santo estúpido” tem o Ser Espiritual muito desenvolvido, mas como não tem cultura intelectual, não pode fazer nada porque não sabe “como” fazer.

O santo estúpido tem o poder de fazer, mas não pode fazer porque não sabe como fazer.

O conhecimento intelectual sem o Ser Espiritual bem desenvolvido produz confusão intelectual, perversidade, orgulho etc.

Durante a Segunda Guerra Mundial, milhares de cientistas, desprovidos de qualquer sentimento espiritual, “em nome da ciência e do bem-estar da humanidade”, cometeram crimes espantosos com o propósito de fazer experiências científicas.

Necessitamos formar uma poderosa cultura intelectual, porém tremendamente equilibrada com a verdadeira espiritualidade consciente.

Necessitamos de uma ética revolucionária e de uma psicologia revolucionária, se de fato quisermos dissolver o “Eu” e desenvolver o legítimo Ser Espiritual em nós.

É lamentável que as pessoas, por falta de amor, utilizam o intelecto de forma destrutiva.

vocacao-gnosisonlineOs alunos e alunas necessitam estudar Ciências, História, Geografia, Matemática, Química etc.

É necessário adquirir conhecimentos vocacionais com o propósito de sermos úteis.

Estudar é necessário; acumular conhecimentos básicos é indispensável; mas, o medo não é indispensável.

Muitas pessoas acumulam conhecimentos por medo; medo da vida, medo da morte, medo da fome, da miséria, medo do que os outros vão dizer etc., e estudam por esses motivos.

Devemos estudar por amor a nossos semelhantes, por querer servi-los melhor; mas, jamais se deve estudar por medo.

Na vida prática, podemos comprovar que aqueles estudantes que estudam motivados pelo medo, mais cedo ou mais tarde convertem-se em velhacos.

Temos que ser sinceros com nós mesmos para podermos nos auto-observar e descobrir em nós todos os processos do medo.

Não devemos esquecer jamais de que o medo tem muitas faces. Às vezes, o medo se confunde com a coragem. Os soldados nos campos de batalha parecem ser muito corajosos, mas, na verdade, movem-se e lutam por causa do medo.

O suicida também pode parecer muito corajoso, mas, na verdade, é um covarde que tem medo da vida.

Todo velhaco na vida aparenta ser muito corajoso, mas, no fundo, é um covarde.

Os patifes costumam utilizar a profissão e o poder de forma destrutiva. Exemplo: Fidel Castro em Cuba.

Jamais nos pronunciaríamos contra a experiência da vida prática ou contra o cultivo do intelecto, mas condenamos a falta de amor.

Tightrope Between Thumbs

O conhecimento e as experiências da vida se tornam destrutivos quando falta amor. Quando não existe amor, o Ego costuma capturar as experiências e os conhecimentos intelectuais.

O Ego abusa das experiências e do intelecto quando os utiliza para se fortalecer.

Desintegrando o Ego, o Eu, O Mim Mesmo, as experiências e o intelecto ficam nas mãos do Ser Íntimo e o abuso torna-se, então, impossível.

Todo estudante deve orientar-se pelo caminho vocacional e estudar a fundo todas as teorias relacionadas com sua profissão.

O estudo e o intelecto não prejudicam ninguém, mas não devemos abusar do intelecto.

Necessitamos estudar para não abusarmos da mente. Abusa da mente quem quer estudar todas as teorias das distintas profissões; quem quer prejudicar os outros com o intelecto, quem exerce violência sobre a mente alheia etc.

Para ter uma mente equilibrada, é necessário estudar os assuntos profissionais e os assuntos espirituais.

É urgente chegar à síntese intelectual e à síntese espiritual, se, de fato, quisermos ter uma mente equilibrada.

Os professores de todas as escolas, de todos os níveis, devem estudar a psicologia revolucionária gnóstica, se, verdadeiramente, querem conduzir seus alunos pelo caminho da Educação Fundamental.

É necessário que os estudantes adquiram o Ser Espiritual, desenvolvam em si mesmos o Ser Verdadeiro, para que saiam da escola convertidos em indivíduos responsáveis e não em patifes estúpidos.

De nada serve a Sabedoria sem o Amor. O intelecto sem amor só produz velhacos.

A sabedoria, em si mesma, é substância atômica, é capital atômico, que só deve ser administrada por indivíduos cheios de verdadeiro amor.

Samael Aun Weor, Educação Fundamental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *